A saga do demaquilante

Meu demaquilante acabou. Era um  L’oréal Paris Bifásico, mas como não quero mais usar produtos cujas marcas testam em animais, resolvi procurar outro. Eu também gostava do shampoo Johnson’s Baby, que é ótimo para tirar a maquiagem, mas a marca também realiza esse tipo de teste.

O que eu não sabia é que eu ia demorar tanto para encontrar um que atendesse todas as minhas “exigências” (basicamente não maltratar os animais e não conter substâncias que vão me fazer mal). Sei que existem alguns óleos naturais que cumprem bem a tarefa, mas queria ter a opção de algo mais prático e de fácil remoção, até porque também uso pra ajeitar maquiagem borrada (não sei aplicar delineador).

Pensei logo nos da The Body Shop, mas depois de ler algumas reviews achei que não valia a pena. Queria o Camomile Gentle Eye Make-Up Remover, mas pelo que vi ele não é tão bom assim para justificar os R$48. O mais aclamado dessa marca é o óleo demaquilante de camomila, mas ele custa R$77, não tive coragem, mas dizem que rende bastante.

18_47_12_324_camomile_gentle_eye_makeup_remover_l-horz

Pensei também em comprar o da Vult, que é baratinho e parece ser muito bom, mas quando vi a fórmula dei de cara com conservantes de risco em grande proporção. Fora da lista. Acabei me decidindo por um da Granado. Pelo que li, ele não é o melhor do mundo, mas é bom. Resolvi testar, já que eu quase não uso maquiagem no dia a dia, e quando uso, não é nada muito difícil de tirar, principalmente depois que deixei de usar o Colossal da Maybelline.

demaquilante-facial-granaderma-granado-01

Chegando na loja, fui dar uma olhadinha no rótulo. Eu já tinha visto na internet, mas acho que mudaram a fórmula, porque dessa vez notei que tinha parabenos. A moça que me atendeu até me perguntou se eu tinha alguma alergia quando me viu lendo a embalagem, e quando comentei que evitava parabenos, ela me disse que “nenhum produto daqui tem parabenos”. Já é a segunda vez que acontece isso na Granado, da outra vez eu perguntei se tinha óleo mineral na fórmula e me disseram que não, quando na verdade tinha. Não acho que façam isso de propósito, mas é bom sempre dar aquela olhada na lista de ingredientes.

Perguntei se tinha outra opção e ela me indicou o Demaquilante Cremoso Phebo, e para a minha sorte ele estava em promoção (de R$40 por R$21) e é livre de parabenos e vegano. Chegando em casa, mais uma surpresa: o segundo ingrediente é o  isohexadecane, um derivado do petróleo. Pesquisei e resolvi usar m esmo assim, porque ele não é considerado um óleo mineral, é mais leve e puro, e no site EWG  (eles têm um catálogo com substâncias e seus possíveis riscos) vi que é considerado um ingrediente seguro.

BLOG

Confesso que não esperava muita coisa do resultado, mas me surpreendi. Ele tira a maquiagem com muita facilidade, não arde o olho e não precisei de muito produto para tirar tudo. Não testei com máscara de cílios à prova d’água, e sim com uma da quem disse, berenice?, então não sei se ele seria tão eficiente para isso, mas pretendo usar óleo de amêndoas para ajudar a tirar, quando necessário. O cheiro é bem suave e ele é hidratante sem deixar a pele oleosa depois. Final feliz para a busca!

 

 

 

 

 

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s