Resposta da Natura sobre testes em animais

Sempre que surge alguma dúvida sobre uma marca ser ou não cruelty free eu procuro enviar perguntas diretamente para eles. Acho a melhor forma de esclarecer as coisas, já que nem sempre é possível achar informações atualizadas na internet. Recentemente, entrei em contato com a Natura com as minhas dúvidas e deixo aqui na íntegra as respostas. Fiquei bastante satisfeita com as respostas e em saber que tem mais uma marca cruelty free que posso consumir!

A Natura testa ou seus fornecedores testam seus produtos em animais?

Desde 2006, a Natura não realiza testes em animais para avaliar a segurança e eficácia de seus produtos e matérias-primas. A Natura consta da lista do PEA (Projeto Esperança Animal), entidade ambiental contrária a maus tratos de animais, que relaciona empresas que não realizam esse tipo de testes. Utilizamos as mais avançadas técnicas mundiais de avaliação de segurança, que incluem modelos computacionais, testes in vitro validados pela comunidade científica internacional, testes em pele e córnea sintéticas, produzidas em laboratório, além de pesquisa e revisão contínua dos dados publicados em literatura científica.

Caso não teste, paga algum laboratório para fazer esse serviço?

Os ingredientes desenvolvidos para a Natura por fornecedores também não são testados em animais. Temos controle sobre novas matérias-primas que são candidatas para entrar em nosso portfólio, e uma das perguntas que deve ser respondida pelo fornecedor é se esta matéria-prima foi testada em animais.

A Natura vende da China?

A sustentabilidade está na essência da Natura e temos muito orgulho de ser uma multinacional brasileira. Atuamos em diversos países, com os mesmos princípios que nos orientam no Brasil. Fabricamos produtos de maquiagem com parceiros em países como Itália, Estados Unidos, Argentina e China, sempre em busca da melhor tecnologia. Independentemente de onde é produzido o produto, os fornecedores são rigorosamente auditados e aprovados pela Natura de acordo com requisitos equivalentes aos adotados em nossas próprias fábricas.

A Natura utiliza derivados de animais em seus produtos? Quais produtos da Natura não utilizam derivados de animais?

A Natura opta por ingredientes vegetais sempre que essa opção se mostra eficaz e segura para o consumidor. Hoje, mais de 80% dos ingredientes utilizados em nossas formulações são de origem vegetal. Alguns produtos do nosso portfólio possuem cera de abelha, como é o caso de itens de maquiagem, e a sua obtenção não está relacionada com a morte ou o sofrimento do animal. A partir de 2009, iniciamos um movimento para substituir, gradualmente, tais ingredientes do nosso portfólio, desde que isso se mostre seguro ao consumidor. Adicionalmente, auditorias são conduzidas de forma a garantir que nossos fornecedores obedeçam às práticas e normas da Natura.

listra

Instagram: https://www.instagram.com/blogminhajanela

Facebook: https://www.facebook.com/minhajanelablog

Snapchat: @minhajanelablog

O que é um produto cruelty free?

Já faz um tempo que eu só compro e utilizo cosméticos cruelty free. Mas afinal, o que exatamente é isso?

Produtos cruelty free (livres de crueldade) são aqueles cujas marcas não testam em animais nem pagam alguma empresa para testar. Isso vale tanto para o produto final como para seus ingredientes- muitas empresas compram substâncias de fornecedores que realizam esse tipo de teste.

Vários países já baniram testes em animais no setor de cosméticos. É uma prática desnecessária, já que existem outros métodos de teste mais eficientes e sem crueldade.  Mas boa parte das grandes marcas ainda o fazem, principalmente para manter as vendas na China – país onde esse tipo de teste é obrigatório.

Uma empresa de cosméticos pode fabricar na China e não ser obrigada a testar em animais, mas no caso da comercialização no país o teste é obrigatório. Inclusive, muitas marcas usam isso para tentar se justificar, mas a verdade é que elas podem simplesmente se recusar a vender no país, como muitas o fazem, e isso pode provocar mudanças nessa lei.

Para saber se uma marca entra na categoria cruelty free você pode entrar em contato diretamente com o SAC dela e fazer as perguntas necessárias, elas são obrigadas por lei a te dizer a verdade. Existem algumas listas disponíveis na internet com essas marcas, como a do PETA, para marcas estrangeiras. Não sigo nenhuma lista específica nacional, normalmente pesquiso de caso a caso. Normalmente as marcas cruelty free indicam isso na embalagem, seja por escrito ou através do símbolo do coelhinho.

Tem também a questão da empresa-mãe de uma marca. Por exemplo, a marca The Body Shop não testa nem nunca testou em animais, mas foi comprada pela L’Oréal, que testa. Tem gente que boicota a The Body Shop por esse motivo, já que de alguma forma vai estar contribuindo para a L’Oréal. Eu não boicoto, prefiro incentivar uma marca que não testa, acho que isso pode influenciar para que uma empresa como a L’Oréal repense sobre os testes em todas as suas marcas.

E aí, deu para entender? Qualquer dúvida é só deixar nos comentários? E saibam que todos os produtos que eu indico por aqui são sempre cruelty free, e espero ajudar vocês a fazerem essa escolha também!

No fim de semana tem Festival Verde Vida

Esse fim de semana tem um evento muito bacana no Plaza Casa Forte: O Festival Verde Vida, com programação voltada para o bem estar e a alimentação saudável. O evento acontecerá a partir das 16h, no Jardim Externo do shopping e a entrada será gratuita! A programação inclui feira orgânica, gastronomia vegana e oficinas de horta.

pura-luz-3reduzida

Vai ter aula de ioga gratuita!

Programação:

As atividades no sábado começam às 16h30 com aula de alongamento e oficina de horta realizada pela Eco Parkia. Às 17h30, inicia-se o ciclo de debates pela acupunturista Simone Lucena, com bate papo “Qualidade do Pensamento e Estilo de Vida”. Às 18h, haverá um aulão de Respiração, com Dedea Colaço, do espaço ATMA, e para quem curte as práticas do autoconhecimento, o terapeuta André Souza encerra a programação com um bate-papo sobre meditação.

No domingo, as atividades começam novamente às 16h30 com aula de yoga oferecida pelo espaço Pura Luz, e mais uma edição da oficina de horta. Dando continuidade à programação, o coach internacional de saúde e bem-estar, Gabriel Perrusi, especialista em gestão empresarial, comanda o bate-papo “Qualidade de Vida”. Na sequência, os visitantes poderão participar de mais um aulão, dessa vez de Alongamento com a equipe da Academia Unic. Cecília Barbosa, do site Bora Veganizar, encerra a programação conversando sobre Veganismo, às 19h.

Serviço:

Festival Verde Vida

Local: Jardim Externo do Plaza Shopping Casa Forte

Data: 10 e 11 de setembro

Horário: Das 16h às 20h.

Favoritos de agosto – Óleo, argila e queridinhos de make

Esse mês foi bem difícil escolher os favoritos, teve muita coisa massa.

Ultimamente estou bem obcecada com maquiagem, querendo saber todas as novidades. Mas continuo curtindo itens de cuidados da pele também, e esse mês incluí dois produtos maravilhosos na minha rotina. Todos os produtos são de marcas que não testam em animais. Vem ver!

IMG_4499

Óleo de rosa mosqueta

Esse óleo vegetal é daqueles para se ter em casa sempre, já que tem inúmeros benefícios:

  • Cicatrização e renovação da pele
  • Regenera e nutre a pele, reduzindo rugas, cicatrizes e manchas da pele do rosto
  • É utilizado para tratamento de queimaduras ou pós-cirurgia
  •  Hidrata e suaviza a pele, podendo ser utilizado como óleo de massagem
  •  Também é usado para combater eczemas e psoríase

Eu tenho usado todos os dias para combater cicatrizes de acne e pequenas manchas na pele, e achei bem eficiente. O cheiro não é tão atrativo não, parece remédio. Mas nada que incomode ou dure muito na pele. Uso só nas áreas “problemáticas” antes de dormir e lavo o rosto quando acordo, assim ele não piora a oleosidade. Amo! Esse é da Arte dos /aromas e comprei na internet, custou R$40. Como só uso algumas gotinhas por vez, vale muito a pena.

IMG_4502

Argila Verde

Falei sobre a argila verde no post Achados de beleza no Mercado de São José e posso dizer que foi aprovadíssima! A pele fica incrível depois, super limpa e macia. Ainda estou usando o pacotinho de R$1, imagino que esse grande vá durar a vida inteira. É só misturar umas duas colheres da argila com a água ou chá e passar na pele. Também dá para acrescentar algum óleo essencial na mistura, como o de melaleuca (combate espinhas e oleosidade).

WhatsApp Image 2016-09-05 at 10.43.51

Máscara Hidratante Argan Oil Lola Cosmetics

Sempre ouvi maravilhas sobre os produtos da Lola Cosmetics, e agora também virei fã. Testei o tratamento de óleo de argan da marca e é muito bom! Uso durante o banho mesmo, entre o shampooo e o condicionador e o cabelo ficar super macio depois!.Comprei por uns R$34.

asasas

Esse blush é um lançamento da Ricosti, marca ótima e super baratinha. Fiquei impressionada com a durabilidade, ele aguenta o dia inteiro tranquilamente. A pigmentação é muito boa também, preciso dosar bem a pincelada para não ficar com cara de palhaço, haha. Comprei a cor Bronze e custou só R$13, um achado!

IMG_4507

Sexy Mama Pó Translúcido The Balm

Saindo de uma opção baratinha para outra que é o contrário disso. Acho que nunca paguei tão caro num pó facial, e olha que ainda comprei com 50% de desconto (o preço original é R$120 – ai meu coração). O lado bom é que é realmente o melhor pó que já usei e atendeu bem às minhas necessidades, queria algo que tirasse o o brilho da pele sem alterar a cor ou deixar um aspecto pesado. Esse pó é super fininho e cumpre bem esse papel, finalizando a maquiagem de forma suave e bonita. Fora a embalagem que é super fofa e prática, além de ser à prova de quedas – consegui derrubar logo nos primeiros dias e o pó não se espatifou.

IMG_4509

Máscara de Cílios Super Lashes Vult

Uma máscara que dá volume e definição aos cílios sem empelotar. Precisa de mais? Essa máscara da Vult é queridinha por muita gente, porque além de ser muito boa, ela não possui ingredientes de origem animal. Eu adoro rímel e esse eu estou usando todos os dias. Aprovadíssimo! Dá para achar por uns R$30.

IMG_4511

Pincéis The Beauty Box

Em agosto teve o lançamento das lojas The Beauty Box no Recife. Conheci muitos produtos legais, mas os campeões continuam sendo os pincéis próprios da marca! Além de serem lindos e com cerdas sintéticas, são eficientes. Eu já tinha o Kabuki Reto (R$54) que uso para aplicar base e é incrível, e ganhei o Duo Fiber Contorno (não achei o preço :/ ), que estou usando para pó e iluminador, ambos super macios. Também recomendo o pincel retrátil para pó, que deixo sempre na bolsa.

IMG_4515

Conjunto de pincéis Macrilan

Esse achado eu quase nem acreditei. Comprei esse conjunto de pincéis numa dessas lojas chinesas do Shopping Recife, a Shangai, mas a marca é brasileiríssima, a Macrilan. Eu tava atrás de um pincel para sobrancelha com o aplicador estilo máscara de cílios, e o único que achei estava nesse kit. Eu nem pensei em levar, mas aí vi o preço: R$30 por 12 pincéis e ainda vem a necessaire! Morri, claro. Alguns pincéis eu nem achei para tirar foto, já estão espalhados por aí. O maior de todos eu uso para aplicar a máscara facial de argila, e também amei os de sobrancelha, o leque para iluminador e o de precisão para aplicar batom. Corram para ver se ainda tem!

IMG_4517

Necessaire fofíssima ❤

listra

Tirando dúvidas com uma nutricionista vegana

Eu parei  de comer carne de porco com 12 anos, depois de ver um porco sendo caçado numa cidade do interior. Com 16, cortei a carne vermelha e o frango, e esse ano, com 24, cortei o peixe. Com o tempo também fui sentindo menos vontade de comer ovo, queijo e leite, e aos poucos fui cortando também. Por se tratar de uma mudança grande na minha alimentação, resolvi procurar um profissional qualificado para me ajudar.
Minha consulta com a nutricionista Nana Barros foi em casa mesmo, o que achei bem prático. Além da nossa conversa, ela fez uma avaliação física e a partir disso foi definida a dieta ideal para mim.
Aproveitei para tirar algumas algumas dúvidas e conhecer mais sobre o estilo de vida e a filosofia vegana! Vou deixar aqui as respostas dela.
WhatsApp Image 2016-09-01 at 21.00.52
Sobre suplementação de vitaminas em uma dieta vegana
“Todo adulto tem uma necessidade energética (quantidade de calorias) quanto uma necessidade de lipídios e de proteínas. Se ele consegue obter a partir da alimentação essa quantidade de proteína a gente não precisa suplementar. Por isso a nutricionista é o profissional indicado, porque ela vai calcular a quantidade de proteína, de gordura e de carboidrato que a pessoa deve ingerir. Se a pessoa tem uma atividade física que é muito desgastante, como uma musculação pesada, um corredor, um ciclista, essa pessoa vai precisar suplementar, porque talvez ela não consiga comer a quantidade de proteína necessária, então é aí que entram os suplementos. O vegano não é diferente de uma pessoa com uma alimentação tradicional.”
Sobre vergonha de comer e os padrões da sociedade
“Isso aí adentra numa questão mais filosófica. O veganismo não é uma dieta, é um estilo de vida.  A partir do momento que você não se coloca como centro do universo, que é o que o onívoro faz, você se permite mais. Você está se permitindo ser igual àquela porca, àquela vaca, aquele outro ser vivo que está ali. Então você vai ter que buscar outras formas de suprir esse seu prazer. de não estar no centro de tudo.O estilo de vida vegano prega muito a libertação animal – inclusive a nossa libertação.A gente não quer ser visto e julgado, a gente quer ser visto e enxergado como um ser igual a todos os outros. Geralmente a gente diz que vegano come muito, a gente come bastante nenhum ser vivo.”
 
Dicas para quem quer se tornar vegano
“Eu digo o que eu sempre digo para todo mundo: Você não é especial. Se eu consigo, se 70% das pessoas que se tornaram veganas conseguiram sair do vegetarianismo, você também consegue, porque o despertar não é automático. Você não acorda um belo dia e diz “não vou comer mais nada de origem animal, não vou usar nada de origem animal”. Cada pessoa desperta de um modo diferente, em um tempo diferente. Se nocê hoje não está comendo carne, mas ainda está comendo peixe, ovo, leite, a partir do momento que você decidir de verdade, de coração e de consciência, você vai conseguir, você vai tomar essa decisão e vai ser efetivo na sua vida, porque você se sente livre, por não estar oprimindo ninguém, e se sente leve, por você estar tendo uma gama de alimentos diferentes para experimentar. É uma vida totalmente diferente e é uma vida libertadora. “
Serviço
Nutricionista Vegana e Funcional
Nana Barros
Telefone: (81) 9.9675.3276
E-mail: ncsbarros@gmail.com