Favoritos de agosto – Óleo, argila e queridinhos de make

Esse mês foi bem difícil escolher os favoritos, teve muita coisa massa.

Ultimamente estou bem obcecada com maquiagem, querendo saber todas as novidades. Mas continuo curtindo itens de cuidados da pele também, e esse mês incluí dois produtos maravilhosos na minha rotina. Todos os produtos são de marcas que não testam em animais. Vem ver!

IMG_4499

Óleo de rosa mosqueta

Esse óleo vegetal é daqueles para se ter em casa sempre, já que tem inúmeros benefícios:

  • Cicatrização e renovação da pele
  • Regenera e nutre a pele, reduzindo rugas, cicatrizes e manchas da pele do rosto
  • É utilizado para tratamento de queimaduras ou pós-cirurgia
  •  Hidrata e suaviza a pele, podendo ser utilizado como óleo de massagem
  •  Também é usado para combater eczemas e psoríase

Eu tenho usado todos os dias para combater cicatrizes de acne e pequenas manchas na pele, e achei bem eficiente. O cheiro não é tão atrativo não, parece remédio. Mas nada que incomode ou dure muito na pele. Uso só nas áreas “problemáticas” antes de dormir e lavo o rosto quando acordo, assim ele não piora a oleosidade. Amo! Esse é da Arte dos /aromas e comprei na internet, custou R$40. Como só uso algumas gotinhas por vez, vale muito a pena.

IMG_4502

Argila Verde

Falei sobre a argila verde no post Achados de beleza no Mercado de São José e posso dizer que foi aprovadíssima! A pele fica incrível depois, super limpa e macia. Ainda estou usando o pacotinho de R$1, imagino que esse grande vá durar a vida inteira. É só misturar umas duas colheres da argila com a água ou chá e passar na pele. Também dá para acrescentar algum óleo essencial na mistura, como o de melaleuca (combate espinhas e oleosidade).

WhatsApp Image 2016-09-05 at 10.43.51

Máscara Hidratante Argan Oil Lola Cosmetics

Sempre ouvi maravilhas sobre os produtos da Lola Cosmetics, e agora também virei fã. Testei o tratamento de óleo de argan da marca e é muito bom! Uso durante o banho mesmo, entre o shampooo e o condicionador e o cabelo ficar super macio depois!.Comprei por uns R$34.

asasas

Esse blush é um lançamento da Ricosti, marca ótima e super baratinha. Fiquei impressionada com a durabilidade, ele aguenta o dia inteiro tranquilamente. A pigmentação é muito boa também, preciso dosar bem a pincelada para não ficar com cara de palhaço, haha. Comprei a cor Bronze e custou só R$13, um achado!

IMG_4507

Sexy Mama Pó Translúcido The Balm

Saindo de uma opção baratinha para outra que é o contrário disso. Acho que nunca paguei tão caro num pó facial, e olha que ainda comprei com 50% de desconto (o preço original é R$120 – ai meu coração). O lado bom é que é realmente o melhor pó que já usei e atendeu bem às minhas necessidades, queria algo que tirasse o o brilho da pele sem alterar a cor ou deixar um aspecto pesado. Esse pó é super fininho e cumpre bem esse papel, finalizando a maquiagem de forma suave e bonita. Fora a embalagem que é super fofa e prática, além de ser à prova de quedas – consegui derrubar logo nos primeiros dias e o pó não se espatifou.

IMG_4509

Máscara de Cílios Super Lashes Vult

Uma máscara que dá volume e definição aos cílios sem empelotar. Precisa de mais? Essa máscara da Vult é queridinha por muita gente, porque além de ser muito boa, ela não possui ingredientes de origem animal. Eu adoro rímel e esse eu estou usando todos os dias. Aprovadíssimo! Dá para achar por uns R$30.

IMG_4511

Pincéis The Beauty Box

Em agosto teve o lançamento das lojas The Beauty Box no Recife. Conheci muitos produtos legais, mas os campeões continuam sendo os pincéis próprios da marca! Além de serem lindos e com cerdas sintéticas, são eficientes. Eu já tinha o Kabuki Reto (R$54) que uso para aplicar base e é incrível, e ganhei o Duo Fiber Contorno (não achei o preço :/ ), que estou usando para pó e iluminador, ambos super macios. Também recomendo o pincel retrátil para pó, que deixo sempre na bolsa.

IMG_4515

Conjunto de pincéis Macrilan

Esse achado eu quase nem acreditei. Comprei esse conjunto de pincéis numa dessas lojas chinesas do Shopping Recife, a Shangai, mas a marca é brasileiríssima, a Macrilan. Eu tava atrás de um pincel para sobrancelha com o aplicador estilo máscara de cílios, e o único que achei estava nesse kit. Eu nem pensei em levar, mas aí vi o preço: R$30 por 12 pincéis e ainda vem a necessaire! Morri, claro. Alguns pincéis eu nem achei para tirar foto, já estão espalhados por aí. O maior de todos eu uso para aplicar a máscara facial de argila, e também amei os de sobrancelha, o leque para iluminador e o de precisão para aplicar batom. Corram para ver se ainda tem!

IMG_4517

Necessaire fofíssima ❤

listra

Favoritos de Julho (2016)

Oi, gente! O mês de agosto chegou e com ele a certeza de que o segundo semestre vai passar voando.  Como sempre, vou dividir com vocês os meus preferidos do mês anterior. Em julho eu me apaixonei por muita coisa, foi difícil selecionar só alguns para colocar aqui. A maioria é de beleza, assunto que adoro, mas se vocês acharem legal eu começo a incluir mais itens relacionados a música, literatura e filmes – ou até fazer posts de favoritos só para essa tipo de coisa.

IMG_3448

The Honest Company Organic Healing Balm

Pense num produtinho maravilhoso! Eu fiquei louca por esse bálsamo da The Honest Company depois que vi a Ingrid Nilsen (youtuber americana)  indicando em um vídeo. O Organic Healing Balm age como um hidratante poderoso para as áreas mais ressecadas do corpo, como mãos e cutículas, pés, joelhos e cotovelos, além de melhorar áreas irritadas, sensíveis, avermelhadas ou machucadas da pele. Também pode ser usado no cabelo e virou meu protetor labial preferido! Uso sempre antes de dormir e durante o dia deixo na minha bolsa.

A fórmula ainda é orgânica e contém óleo de coco, semente de girassol, mel, óleo de calêndula, manteiga e karité, entre outros. Eu fiquei animada, porque desde que deixei de usar Bepantol (que testa em animais), não tinha achado um produto com múltiplas utilidades como esse. Não achei para vender no Brasil, então pedi no site do eVitamins. Paguei R$45, o que seria um ótimo preço se eu não tivesse sido taxada pela alfândega – comprei ele e um protetor solar e fui taxada em R$70. Mas eu acho que vai durar bastante, porque ele é bem concentrado.

Cruelty Free ✓ Orgânico ✓

listra

 

7896512900166_1

Sabonete Antisséptico Granado

Outro produto multifacetado! Uso esse sabonete só no rosto, mas ele também é anticaspa (liberado para low poo) e pode ser usado como um sabonete comum, no corpo. Ultimamente minha pele resolveu me presentear com oleosidade e cravos, então incorporei o sabonete antisséptico na minha rotina, acho que ajuda bastante. O preço é bem amigo, custa R$6 nas lojas Granado!

listra

IMG_3470

Batons Líquidos Pausa Para Feminices

 

A Tracta tem uma marca só para produtos feitos em parcerias com blogueiras chamada Tblogs, cujas vendas são feitas apenas pelo site. A Bruna Tavares, do blog Pausa Para Feminices tem uma linha gigante de batons na Tblogs, um mais lindo que o outro! Dá vontade de comprar tudo. Me controlei e comprei dois no mês passado e fiquei muito satisfeita. Eu já tinha falado por aqui sobre um batom dessa linha chamado Siren, que é em bala, pois uso direto. Os batons líquidos são igualmente bons! São super pigmentados, secam rápido e a durabilidade é ótima. Eles não são tão confortáveis de usar como os batons em bala, principalmente logo quando eu passo, mas acho que é característica de batons líquidos, porque eles criam uma “película” nos lábios. Mas não craquelam nem marcam as pelinhas da boca, pelo contrário, o acabamento é bem bonito.

IMG_3464

Batom Luanda

IMG_3462

Batom Hermione

Cruelty Free ✓

listra

Hidratante-Labial-Granado-45g_811319

Hidratante Labial Granado

Esse protetor labial fica sempre na minha bolsa. Ele tem FPS então eu gosto de usar durante e o dia, sozinho ou antes do batom. A fórmula contém leite de aveia, óleo de buriti e outros óleos e manteigas vegetais. Eu já me decepcionei várias vezes com lip balm, mas esse realmente funciona! Noto bastante a diferença nos meus lábios. Custa R$25.

Vegano ✓ Cruelty Free ✓

listra

IMG_3484

Canecas Tok Stok

 Canecas fofas sempre são bem-vindas! Eu procurei esse modelo de caneca esmaltada (a azul) em algumas lojas no centro da cidade, mas as que eu achei não eram de boa qualidade, e eu queria uma que durasse bastante. O bom desse tipo de caneca é que elas conservam mais a temperatura da bebida, além de serem super bonitas. A outra eu achei quando tava procurando a esmaltada na Tok Stok, e não resisti! Eu trabalho em um escritório, mas acabo usando meu home office para fazer as coisas do blog, então me identifiquei. Cada uma custou R$18.

listra

Instagram: https://www.instagram.com/minhajanelablog/

Facebook: https://www.facebook.com/minhajanelablog

Snapchat: minhajanelablog

Praticando o consumo consciente

Eu sempre indico por aqui produtos que eu amo e acho bons investimentos. Como eu sempre levo em consideração alguns pré-requisitos antes de comprar algo – ser cruelty free, não conter ingredientes tóxicos, ética da empresa – nem todos são exatamente uma pechincha. Então hoje queria falar um pouco sobre o outro lado, o do consumo consciente. Não acredito que a solução para os problemas do mundo seja deixar de fazer tudo o que a gente gosta, mas há maneiras de fazer isso de forma pensada e responsável tanto para o planeta como para o nosso bolso.

Deixo aqui algumas  práticas que eu acho que podem ajudar, focando na área de cosméticos. E claro, as dicas de vocês são mais do que bem vindas! Vamos espalhar essa ideia. ❤

  • Esperar

Eu fico com vontade de correr para comprar algo quando vejo uma youtuber que eu gosto indicando. Inclusive já descobri produtos maravilhosos desse modo. Mas essa relação pode ser complicada, com tantas influências na internet, propagandas, indicações. É importante conseguir separar o que a gente realmente quer do que é impulso de momento.

Eu costumo anotar quando vejo algo que eu tenho interesse e espero um momento mais oportuno para ir atrás – e muitas vezes acabo desistindo antes disso. Outra dica é esperar os preços dos produtos baixarem. Como todo mundo sabe, depois do Natal as lojas costumam entrar em liquidação. A Lush, por exemplo, que sempre falo, coloca toda a sua linha de fim de ano com 50% de desconto – foi assim que consegui comprar meu gel de banho preferido, o Rose Jam. Então, se algo não é necessário para mim no momento, prefiro esperar por situações desse tipo.

  • Produtos multifuncionais e de alto rendimento

Produtos sólidos e concentrados utilizam menos ou nenhuma água na fabricação e demandam menos embalagem, o que é ótimo em termos de sustentabilidade, além de demorarem mais para acabar. Também é legal achar itens que tenham mais de uma utilidade, desde pincéis de maquiagem até hidratantes. O mercado está cheio de óleos multifuncionais e manteigas/balms que podem ser utilizados em várias partes do corpo.

  • Alternativas naturais

Sabia que dá para usar bicarbonato de sódio como desodorante? Já os óleos vegetais (azeite, coco, amêndoas) são ótimos demaquilantes e hidratantes. Também dá para esfoliar a pele com açúcar e mel, ou azeite e sal. A internet está cheia de alternativas caseiras para produtos que vemos por aí. Esse link  reúne um monte de receitas de cosméticos e higiene pessoal e gosto muito do blog Um Ano Sem Lixo exatamente por esse motivo.

  • Apenas um produto para cada função 

Minha vontade é de comprar todos os hidratantes faciais do mundo, mas acho desperdício ter vários produtos com o mesmo propósito. Tento ao máximo usar o produto até o final, e só depois comprar outro. Claro que existem exceções, e eu posso trocar de produto se eu realmente não gostar de algo ou a nova aquisição tiver alguma propriedade muito extraordinária. Mas, no geral, a regra de 1-para-cada-função me ajuda a manter os pés no chão e pensar mais antes de comprar alguma coisa.

  • Pesquisar sempre

Raramente eu compro alguma coisa na loja porque achei a embalagem bonita, ou a pessoa que me atendeu falou que era massa. Prefiro ir já com uma ideia do que eu quero, depois de ter procurado resenhas na internet, olhado a lista de ingredientes, sabendo que a marca é de qualidade. Muitas vezes vou pesquisar sobre produto e acabo achando uma alternativa melhor ou mais barata.

  • Sacolas são desnecessárias 

Recuse sacolas, a não ser que seja realmente impossível carregar o item na bolsa. Receber a sacola é algo tão automático que a gente acaba esquecendo que aquela embalagem é totalmente desnecessária e vai parar no lixo no mesmo dia. O ideal seria todo mundo andar com ecobags, mas eu mesma vivo esquecendo. Então tento minimizar o problema colocando na bolsa mesmo, ou usando uma sacola de uma loja para colocar também algo de outras, quando é o caso

  • Doe o que você não usa mais

Pode ser para mãe, para as amigas, para um abrigo de mulheres. Não faz o menor sentido acumular coisas que você não usa. Jogue fora a maquiagem vencida ou estragada e repasse as que estão boas, mas você não gostou.

  • Dê preferência a marcas nacionais

Marcas nacionais normalmente são mais baratas e você também vai estar incentivando o marcado interno. Raramente eu compro maquiagem de marca estrangeira, acho que as brasileiras atingiram um nível de qualidade e variedade que não deixar a desejar em nada, e a maioria é cruelty free. Na área de cuidados com a pele acho um pouco mais difícil, mas também vejo o mercado percebendo esse novo tipo de consumidor e novas alternativas vão surgindo a cada dia.

 

Favoritos de março | 2016

Super atrasada, mas não queria deixar de falar das coisas que amei em março e nesse começo de abril. Escolhi três cosméticos crueslty free que uso bastante, e um filme que todo mundo precisa ver.

Links nos títulos!

 

Esse foi o primeiro iluminador que comprei na vida e simplesmente amei. Ele tem um tom rosado, lindo e discreto. A durabilidade é boa também. Para quem gosta de algo mais chamativo, essa não é a melhor opção, porque o brilho é bem sutil, é algo que pode ser usado no dia a dia. Não conhecia a marca, tive até que dar um google na hora para ver se era cruelty free – e era! Fiquei feliz por ter mais uma opção de marca brasileira para comprar. A vendedora me disse que essa e a Marchetti  são da mesma empresa, pelo que vi na hora ambas têm opções bem legais e baratinhas.

Tenho usado esse batom quase todos os dias. Ele é um nude com um fundo pêssego e marrom, bem matte, e de acordo com as criadoras, ele foi inspirado na Kylie Jenner. Comprei pela internet, e pelas fotos eu achava que era um pouco mais escuro, mas acabei me acostumando e adorando esse tom.   A durabilidade é boa, não dura o dia inteiro, mas por ser matte ele não transfere tanto. Ele faz parte de uma linha da Tracta chamada T-Blogs, de parcerias com blogueiras, e só é vendido online.

Esse eu tenho faz um tempo, mas quanto mais eu uso, mais eu gosto. Para começar ele é bem prático de passar, então dificilmente eu deixo de usar, mesmo quanto estou muito cansada. É um gel bem leve, quase água, e espalha bem fácil com pouco produto. A sensação é refrescante e ele seca rápido. Sinto nitidamente o efeito dele pela manhã, principalmente quanto tenho um dia particularmente longo (lembro que no Carnaval ele fazia milagres). Esse produto é voltado para peles mistas, que é o meu caso, e por isso ele dá um equilíbrio para a pele, hidratando as partes mais secas sem piorar as mais oleosas.

 

  • Filme – Love & Mercy

beachboysloveandmercy-xlarge

No Brasil traduziram o nome do filme para “The Beach Boys: Uma História de Sucesso”, mas vou educadamente ignorar isso. O filme conta a história de Brian Wilson, um dos fundadores da banda. Ele era a grande mente por trás das composições  dos Beach Boys, mas no meio das gravações do disco Smile ele começou a ter problemas mentais e escutar vozes na cabeça. O filme mostra duas linhas de narrativa, uma com o Brian jovem, interpretado por Paul Dane, e outra que se passa nos nos 80, com John Cusack, em que Brian piorou bastante enquanto sofria abusos do próprio psiquiatra. A história é incrível e o filme retratou muito bem o personagem. Vale muito a pena ver! Tem no Netflix.

A saga do demaquilante

Meu demaquilante acabou. Era um  L’oréal Paris Bifásico, mas como não quero mais usar produtos cujas marcas testam em animais, resolvi procurar outro. Eu também gostava do shampoo Johnson’s Baby, que é ótimo para tirar a maquiagem, mas a marca também realiza esse tipo de teste.

O que eu não sabia é que eu ia demorar tanto para encontrar um que atendesse todas as minhas “exigências” (basicamente não maltratar os animais e não conter substâncias que vão me fazer mal). Sei que existem alguns óleos naturais que cumprem bem a tarefa, mas queria ter a opção de algo mais prático e de fácil remoção, até porque também uso pra ajeitar maquiagem borrada (não sei aplicar delineador).

Pensei logo nos da The Body Shop, mas depois de ler algumas reviews achei que não valia a pena. Queria o Camomile Gentle Eye Make-Up Remover, mas pelo que vi ele não é tão bom assim para justificar os R$48. O mais aclamado dessa marca é o óleo demaquilante de camomila, mas ele custa R$77, não tive coragem, mas dizem que rende bastante.

18_47_12_324_camomile_gentle_eye_makeup_remover_l-horz

Pensei também em comprar o da Vult, que é baratinho e parece ser muito bom, mas quando vi a fórmula dei de cara com conservantes de risco em grande proporção. Fora da lista. Acabei me decidindo por um da Granado. Pelo que li, ele não é o melhor do mundo, mas é bom. Resolvi testar, já que eu quase não uso maquiagem no dia a dia, e quando uso, não é nada muito difícil de tirar, principalmente depois que deixei de usar o Colossal da Maybelline.

demaquilante-facial-granaderma-granado-01

Chegando na loja, fui dar uma olhadinha no rótulo. Eu já tinha visto na internet, mas acho que mudaram a fórmula, porque dessa vez notei que tinha parabenos. A moça que me atendeu até me perguntou se eu tinha alguma alergia quando me viu lendo a embalagem, e quando comentei que evitava parabenos, ela me disse que “nenhum produto daqui tem parabenos”. Já é a segunda vez que acontece isso na Granado, da outra vez eu perguntei se tinha óleo mineral na fórmula e me disseram que não, quando na verdade tinha. Não acho que façam isso de propósito, mas é bom sempre dar aquela olhada na lista de ingredientes.

Perguntei se tinha outra opção e ela me indicou o Demaquilante Cremoso Phebo, e para a minha sorte ele estava em promoção (de R$40 por R$21) e é livre de parabenos e vegano. Chegando em casa, mais uma surpresa: o segundo ingrediente é o  isohexadecane, um derivado do petróleo. Pesquisei e resolvi usar m esmo assim, porque ele não é considerado um óleo mineral, é mais leve e puro, e no site EWG  (eles têm um catálogo com substâncias e seus possíveis riscos) vi que é considerado um ingrediente seguro.

BLOG

Confesso que não esperava muita coisa do resultado, mas me surpreendi. Ele tira a maquiagem com muita facilidade, não arde o olho e não precisei de muito produto para tirar tudo. Não testei com máscara de cílios à prova d’água, e sim com uma da quem disse, berenice?, então não sei se ele seria tão eficiente para isso, mas pretendo usar óleo de amêndoas para ajudar a tirar, quando necessário. O cheiro é bem suave e ele é hidratante sem deixar a pele oleosa depois. Final feliz para a busca!

 

 

 

 

 

 

 

Favoritos de fevereiro!

Não resisti! No fim de cada mês vou mostrar os produtos que estou amando. Como esse é o  primeiro do tipo, acabou sendo um post com os favoritos dos últimos tempos! A ansiedade é tanta que nem esperei o mês terminar pra compartilhar – e olha que é o mais curto do ano.

E claro, todos os itens da lista são cruelty free ❤

DSCN1122

Lush Mask of Magnaminty

Eu já tava de olho nessa máscara há um tempo quando fui na casa da minha amiga Carol (a pessoa mais viciada na Lush do mundo) e ela perguntou se eu queria experimentar. Usei, e 15 minutos depois eu já estava alisando meu rosto, maravilhada. Comprei no começo do ano. A Mask of Magnaminty limpa, esfolia e hidrata, é bem refrescante e tem cheirinho de menta. Notei diferença nos cravinhos chatos do nariz também. Uso toda semana para dar aquela renovada! O bom é que só é preciso usar bem pouco produto por vez, então deve durar um tempão.

coconut

Coconut Body Butter The Body Shop

Comprei essa manteiga corporal numa promoção da The Body Shop (e acabei de ver que ainda tá rolando desconto em alguns produtos, incluindo esse!) e me apaixonei. Ainda acho um valor alto, comprei por R$40 e o valor normal é R$59, mas é o melhor hidratante que já usei. Até então eu só tinha usado esses de supermercado, mas a maioria tem óleos minerais e o resultado não é muito bom. O bom da manteiga corporal é que é bem concentrada, então só uso um pouco por vez  e dá para espalhar bastante, e só uso  umas duas ou três vezes por semana também, até pra economizar. Essa de coco é ainda mais espessa do que as outras, ao ponto de não derramar se virar de cabeça para baixo. O cheiro dos produtos da The Body Shop é forte e talvez algumas pessoas estranhem, mas eu amei.

DSCN1116

Óleo Corporal Ylang Ylang Granado

Um dos meus cheiros preferidos da vida! Acho essa a melhor opção de óleo corporal que tem por aí, pois é feito só com óleos vegetais, tem vitamina E e o preço é bom, custa R$22. Nessa faixa, a outra opção que uso é o óleo de amêndoas da Johnson & Johnson, mas esse tem parafina líquida como um dos principais ingredientes, então não vou comprar novamente. Acho a embalagem desse óleo da Granado chatinha de usar durante o banho, mas ela é ótima para dosar o produto. Por ser vegetal, ele é bem levinho, mas hidrata bastante.

DSCN1127

Santa’s Lip Scrub Lush

Mais um que comprei nas promoções de janeiro. Todo ano a Lush disponibiliza uma coleção especial de Natal, e quando a data passa, fica tudo com 50% de desconto! Amém! Gosto bastante desse esfoliante labial, mas o resultado não é tão diferente do que eu conseguia utilizando uma versão caseira, então não sei se compraria pelo preço normal. Acho que a principal diferença tá no sabor, esse tem base de açucar e gostinho de cola e cereja, então acabo usando mais, uma ou duas vezes por semana. Ele tira aquelas pelinhas dos lábios, o que é ótimo para quem usa batom matte ou líquido, e ainda hidrata, por conter óleos essenciais – o que não elimina a necessidade de passar um lip balm depois da esfoliação.

DSCN1136

Batom Líquido Dailus Pro

Falando em batom matte e líquido, eu tava atrás de um batom vermelho mais fechado, e acabei achando esse da Dailus, na cor Ballet. Ele é matte, bem pigmentado e a durabilidade é muito boa. É um ótimo custo/benefício também, dá pra achar por uns 20 reais nas lojas.

DSCN1139

Swatch com a participação de Lola pra vocês terem uma ideia

 

DSCN1131

Finalizador Bio Extratus Botica Algas Marinhas

Comprei esse finalizador (ou creme para pentear) da Bio Extratus por ser vegano, cruelty free e livre de parabenos e petroquímicos. Acho que é o único que dá para encontrar nas farmácias com ativos vegetais em quantidades significativas. Para a minha sorte, meu cabelo se deu super bem com ele! Só tenho que controlar a quantidade, porque meu cabelo é curto e fica oleoso com facilidade. Esse finalizador minimiza o frizz, hidrata e deixa o cabelo bem soltinho. Gostei também tele ter filtro solar e termoproteção. Fiquei curiosa para testar a versão de camomila da mesma linha.

Mudança de hábitos

Nas últimas semanas eu resolvi trocar quase todos os produtos que uso na minha pele. Já faz um tempo que eu tento ser mais consciente em relação ao que eu compro, da alimentação aos cosméticos. O problema é que tem MUITA coisa para ser levada em consideração e quando eu começo a ler sobre algo, já fico louca querendo jogar tudo o que eu tenho fora, mas aí lembro que não tenho dinheiro pra substituí-las então tento ter um pouquinho de paciência.

Vou tentar falar sobre minha relação com cosméticos em geral, que mudou bastante nos últimos dois anos. Para começar, eu evito ao máximo usar produtos que são testados em animais. Acho que posso viver com um rímel não tão bom sabendo que ele não foi testado nos olhos de um coelhinho fofinho – não estou inventando essa informação, os coelhos são os bichinhos mais utilizados nesses testes.

cruelty-free-logo

Esse selinho é um ótimo sinal, pena que é tão difícil de achar

O difícil é saber quais marcas são legais e quais são piores do que a Cruella de Vil, porque, obviamente, isso não é algo que elas querem que todo mundo saiba. Existem listas e listas na internet, mas é difícil ter uma informação definitiva. Por exemplo, qualquer marca que queira comercializar seus produtos na China é obrigada pela lei de lá a realizar esse tipo de teste, e acho que dá para imaginar que é um mercado bem grande que muitas não querem abrir mão.

Uma grande decepção pra mim, por exemplo, foi a Maybelline, que tem produtos ótimos e preços justos, mas que testa em animais. Acho que vai de cada um se sentir confortável com isso ou não. No final das contas, a maioria dos componentes (principalmente os sintéticos) presentes nos produtos que usamos hoje algum dia já foram testados em animais, mesmo que muito tempo atrás. Então ninguém é um monstro por usar o Colossal (saudades desde já), mas eu particularmente não me sinto bem gastando dinheiro com isso. A parte boa é que muitas marcas nacionais e baratas não testam em animais (Vult, Quem Disse Berenice?, Natura, Daillus), e são elas que estão me salvando nesse momento de transição.

Depois de parar de usar um monte de coisa por causa da questão da crueldade com os animais, inventei outra restrição: sintéticos do mal. No começo eu achava que era exagero, coisa pouca, mas depois de uma lida mais a fundo eu vi que o problema é bem complicado. A maior parte das grandes empresas usa ingredientes baratos que dão uma “enganada”, mas que não realmente fazem bem para a pele, e com o uso contínuo acabam fazendo mal à saúde. Por exemplo, os parabenos, conservantes presentes em muitos produtos, que são absorvidos pela pele e entram na corrente sanguínea, onde passam a agir como disruptores hormonais e muitas pesquisas já ligaram essa substância a casos de câncer de mama.

E tem a parafina liquida, meu maior pesadelo. Desafio qualquer pessoa a dar uma olhada no rótulo do seu hidratante corporal ou condicionador de cabelo e não achar essa bendita. Ela é um tipo de óleo mineral derivado do petróleo que traz exatamente zero benefícios para o corpo, mas cria uma película impermeável que não permite que o cabelo ou pele perca hidratação, o que dá a sensação momentânea de maciez, mas que na verdade barra a reposição nutricional quando essa hidratação acabar.

“Nossa, brigada, agora estou cheia de nóias”,  é o que você deve estar pensando. Bem-vinda ao clube! Mas acho importante começar o blog com esse post para mostrar que eu ainda estou aprendendo e meus hábitos de consumo estão mudando (assim como os de muita gente), e não vejo problema nisso. Então não vai ser todo tipo de produto que vou comentar por aqui nos posts de saúde/beleza, da mesma forma que não posso garantir que tudo vai ser vegano, cruelty free, natural e tudo o mais.

Ninguém aqui é de ferro, milionário (tirando algumas pessoas) ou mora em Nova York (odeio tais pessoas) para ter uma infinidade de produto 100% éticos e maravilhosos. No final nas contas o importante é saber o que você está colocando na sua pele para poder fazer escolhas conscientes e ir aprendendo com o tempo o que funciona para você.