Dicas práticas para deixar seu quarto um lugar mais acolhedor

Comecei a me interessar por decoração e organização quando percebi o quanto o ambiente ao meu redor influencia no meu humor. Aos poucos tenho tentado realizar pequenas mudanças no meu quarto, e com o tempo venho sentindo uma grande diferença tanto na estética como na sensação que sinto ao estar nele.

1. Antes de tudo, jogue coisas fora

Ou doe, se for útil para outras pessoas. E não estou falando daquela “geral” que a gente dá de vez em quando pra tirar a roupa suja que tava debaixo da cama e separar a camisa dos jogos internos da oitava série, e sim de realmente parar para pensar sobre o que realmente precisamos e o que só está ocupando espaço. Poucas coisas mudaram tanto a sensação de bem estar que eu sinto em casa como me livrar de tudo o que eu não amo/uso.Tudo o que não é importante ou utilizado com frequência foi doado ou jogado fora. Passei anos me apegando a roupas que eu simplesmente não uso mais (mas achava que talvez, um dia, quem sabe, fosse precisar), revistas que eu li um vez em 2008 e nunca mais, coisas dos tempos de escola que eu nem lembrava que tinha, bijuterias velhas e quebradas, papéis, papéis e mais papéis.

hoarder-bedroom

Não se assuste com a quantidade de sacos de lixo que dá para encher. Também não é algo que dê para fazer em um dia só, porque na primeira arrumação a gente ainda deixa muita coisa. Mas com o tempo, os benefícios de ter uma vida mais organizada, economizar tempo procurando as coisas e escolhendo roupa e basicamente viver em um ambiente mais “respirável” acabam dando vontade de praticar o desapego diariamente.

2. Pendure arte

Fotos, ilustrações, pinturas, frases. Pode ser uma única peça que signifique muito para você, ou uma parede inteira com ares de galeria. Quadros e posteres personalidade e são um jeito fácil de mudar a aparência de um cômodo. Para mim, o principal é escolher itens que você goste MUITO, mesmo que leve um tempo até surgir uma ideia ou você achar por acaso um quadro que é a sua cara.

DSCN0996

Amor à primeira vista na Casa do Cachorro Preto! Esse é da Valeria Rey Soto.

 

3. Foque em um canto

Não é todo mundo que pode ser dar ao luxo de reformar o quarto inteiro, pintar as paredes quando der na telha e entrar na Tok Stok para trocar todos os móveis. Uma dica legal é escolher um cantinho do seu quarto e deixar ele do jeito que você gosta. Até pouco tempo atrás eu não tinha criado mudo, deixava minhas coisas em um gaveteiro de plástico do lado da cama. Eu gosto de ler antes de dormir, então sempre deixava um livro lá, e lia com a luz do quarto acesa. Mas isso não é bom para quem tem insônia, então resolvi mudar esse cantinho por completo. Comprei uma mesinha barata, uma luminária, e um tempo depois, um vasinho de flores de plástico que minha gatinha Isadora insiste em tentar destruir.

DSCN0976

Meu próximo alvo é a minha mesa de trabalho, que está demandando um pouco mais de tempo. Mas fiquei bem feliz com o resultado do criado mudo, porque além de ter sido algo funcional para a minha rotina, contribuiu para melhorar o ambiente do quarto em geral.